Odontologia minimamente invasiva: lentes de contato dental ou laminados cerâmicos – Raphá Odontologia

Odontologia minimamente invasiva: lentes de contato dental ou laminados cerâmicos

acido-hialuronico-rapha-odontologia-alphaville-barueri-sp-dentista
Ácido Hialurônico
1 de junho de 2017
Implantes Dentários: melhor prevenir do que remediar.
Implantes Dentários: Prevenir é melhor que remediar
8 de junho de 2017
odontologia-minimamente-invasiva-odontologia-rapha-odontologia-alphaville-barueri-sp-dentista

Lentes de contato dental ou Laminados cerâmicos

Nas últimas décadas com os avanços tecnológicos e consequentes melhorias dos materiais odontológicos a odontologia está enquadrada em uma fase minimamente invasiva.

Desde os anos 80, o desenvolvimento dos laminados cerâmicos tem desfrutado de entusiasmo e sucesso generalizado.

Entretanto, somente nos últimos anos tornou-se um procedimento amplamente aceito, além de fornecer ao paciente oportunidade para aprimorar a beleza do sorriso sem a necessidade de grandes desgastes da estrutura dental.

Para a execução do plano de tratamento, baterias fotográficas do paciente e mensuração das dimensões dos elementos dentários devem ser realizados de modo a obter um arquivo virtual onde será realizado o planejamento digital (DSD) que servirá como guia para o modelo de gesso encerado (WAX-UP) e posterior confecção do ensaio restaurador (MOCK-UP).

Sendo aceito e aprovado pelo paciente, o MOCK-UP ou ensaio restaurador servirá de guia para orientação da confecção do trabalho final estético, ou seja os laminados cerâmicos.

Estes tipos de laminados cerâmicos ou popularmente denominados de ” Lentes de contato”, representam uma alternativa na odontologia atual, são biocompatíveis, tem alta estabilidade de cor e resistência ao desgaste, proporcionando uma maior longevidade.

Os laminados cerâmicos baseiam-se na ideia de reposição do esmalte dentário perdido por uma fina lâmina de cerâmica aderida ao dente. Essas lâminas possuem espessura de 0,3 a 0,5 mm e tem a finalidade de transformar o sorriso alterando forma, comprimento, largura fechamento de espaços interdentais (Diastemas) e má formações dentárias, desenvolvendo ao paciente sua autoestima, e confiança ao convívio social e profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *